Luz para a inteligência, Calor para a vontade

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Como deve ser um calçado de treino?

Como deve ser uma sapatilha de treino? E uma de competição?

Se está à procura de umas sapatilhas que façam o trabalho que você não faz durante os treinos, é obviamente que deve saber que a magia é apenas para os mágicos. Por outro lado, se pretende encontrar umas sapatilhas que se ajustem como uma luva ao seu pé, na Men's Health ajudamo-lo a escolher em função de determinadas características pessoais e do objetivo que persegue nos seus treinos e competição, bem como da superfície onde for correr.
Por outro lado, quanto mais rápida for a corrida e melhor for o seu treino, mais importante será correr com umas sapatilhas leves de competição, enquanto que aqueles corredores que preferem provas de fundo e não são tão leves não precisem de usar equipamentos tão leves, já que um modelo com bom amortecimento e estável será suficiente. As primeiras pesam menos, mas também correm mais riscos. As principais diferenças indicam-nos o perfil e o peso das mesmas. As de treino já podem rondar os 300 gramas, enquanto que as de competição são ultra-leves, pesando menos de 200 gramas. Existem também as intermédias, as mistas, com um peso que oscila entre os 250 e 290 gramas. Estes valores variam dependendo do número de pé claro.
A segunda grande característica é a alteração de altura da meia sola, sendo a de treinar mais grossa – com cerca de 4 centímetros – do que a mista – 3 – e a de competição – 2 ou menos -, enquanto que a terceira também podemos encontrar no mesmo sítio, onde se estão as aplicações tecnológicas de cada marca. Outra diferença visível é o design da sola, pois a de competição será praticamente lisa, com algum relevo nas mistas e bastante mais nas de treino, que contam também com uma borracha mais resistente aos estragos. Existem também outras diferenças que se situam nos reforços da palmilha, ante-pé e calcanhar das sapatilhas, sendo mais notórias no volume e resistência nas de treino, mais leves nas mistas e mínimos ou inexistentes nas de competição.
Ao calçarmos as sapatilhas, a primeira coisa que notamos é pressão das de competição e o conforto das que usamos diariamente. No momento da corrida, vamo-nos dando conta, de maior a menor na ordem anterior, do amortecimento, estabilidade e controlo da pisada. Além disso, as de treino duram e protegem mais. Em relação às de trail running, estas sapatilhas devem permitir-nos correr em todo o tipo de obstáculos e numa superfície que nada tem a ver com as que encontramos no asfalto ou por caminhos por onde transitamos normalmente, com uma terra muito mais compacta do que a que existe em montanha. Existem as transpiráveis e veraniantes ou as pensadas para o inverno, que o protegem do frio e da água.

Fonte: http://www.menshealth.com.pt/fitness/cardio/artigo/sapatilhas-correr

Nenhum comentário: